542a9f542c96b20201c38ab750882cb0.html ...| Fato e Ficção |...: 13 Fevereiro 2011

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Os novatos na câmara


Ocorreu hoje na Câmara dos Deputados a votação para o novo salário mínimo.
O evento contou com a presença dos ilustres estreantes, Popó e Romário.
Pela foto, podemos perceber o quanto eles sacam de política e como estavam envolvidos na votação.
Só faltou o Tiririca pra completar o timão.



:: Update ::



Tiririca votou a favor do aumento do mínimo para R$ 600. Romário e Popó, contra.
Fonte: G1

Olha o abestado aêêê...


106 deputados votaram a favor da aprovação do salário mínimo de R$ 600,00, e 376 votaram contra. Confira a lista com o voto de cada deputado e o partido.

O homem hoje está mais para águia ou para galinha?


   "O ser humano é, em cada momento, a coexistência difícil da dimensão águia com a dimensão galinha. Quer dizer, é sempre alguém enraizado numa situação concreta que é seu arranjo  pessoal e social. Ele pode perder-se ai e com isso se mediocriza e se contenta com poucas coisas. Simultaneamente é águia, quer dizer, nutre sonhos, luta por melhorar de vida, alcançar objetivos mais altos. Creio que hoje com a máquina da comunicação projetada em nível global que estandartiza comportamentos e borra as diferenças culturais,  está em curso um vasto processo de homogeneização visando criar não a pessoa critica e criadora, mas o consumidor passivo e mero reprodutor do mesmo. Esta redução à dimensão galinha obedece aos interesses dos detentores do poder do mundo. Este temem a mudança e difamam os portadores de alternativas e tudo aquilo que ainda não foi ensaiado. Mas a dimensão águia é intrínseca. Por isso ela sempre pode despertar e então surgem as resistências, os movimentos de protestação e de libertação. Tais movimentos representam a utopia necessária sem a qual a vida em sociedade se afunda no pântano dos interesses menores dos que detém e controlam o poder."




Magnífico texto de Leonardo Boff !
O lamentável disso tudo, é que a imperceptível minoria tem esta visão. Estes são os "portadores de alternativas" e de "tudo aquilo que ainda não foi ensaiado". Os ditos utópicos, sonhadores.
A mesmice e a mediocridade, notavelmente presentes em nossa sociedade, são provenientes justamente daqueles que não sonham, que não voam mais alto. Daqueles que satisfazem os interesses dos "detentores do poder do mundo". Que não questionam o motivo pelo qual devem se encaixar no padrão imposto sem razão.
Inevitavelmente, estamos nos encaminhando em direção ao citado pântano. Não há questionamento. Não há inconformidade. Não há protesto.

Porque o frango cruzou a estrada?






PROFESSORA PRIMÁRIA: Porque queria chegar do outro lado da estrada.

FAZENDEIRO: Por causa que 'arguém' deixou a porta do galinheiro aberta.

PLATÃO: Porque buscava alcançar o Bem.

ARISTÓTELES: É da natureza dos frangos cruzar a estrada.

NELSON RODRIGUES: Porque viu sua cunhada, uma galinha sedutora, do outro lado.

MARX: O atual estágio das forças produtivas exigia uma nova classe de frangos, capazes de cruzar a  estrada.

MOISÉS: Uma voz vinda do céu bradou ao frango: cruza a estrada.  E o frango cruzou a estrada e todos se regozijaram.

ALMIR KLINK: Para  ir onde nenhum frango jamais esteve.

HIPÓCRATES: Devido a um excesso de  humores em seu pâncreas.

MARTIN LUTHER KING: Eu tive um sonho. Vi um  mundo no qual todos os frangos serão livres para cruzar a estrada sem que sejam questionados seus motivos.

MAQUIAVEL: O frango cruzou a estrada.  A quem importa o porque? Estabelecido o fim de cruzar a estrada, é  irrelevante discutir os meios que utilizou para isso.

FREUD: A  preocupação com o fato de o frango ter cruzado a estrada é um sintoma de sua insegurança sexual.

DARWIN: Ao longo de grandes períodos de tempo, os frangos têm sido selecionados naturalmente, de modo que agora têm uma predisposição genética a cruzar estradas.

EINSTEIN: Se o frango cruzou a estrada ou a estrada se moveu sob o frango, depende do ponto de  vista.

KANT: O frango seguiu apenas o imperativo categórico próprio  dos frangos. É uma questão de razão prática.

SARTRE: Trata-se de mera faticidade. A existência do frango está em sua liberdade de cruzar a estrada.

PINOCHET: El se fué, pero tengo muchos penachos de el en mi mano!

ACM: Estava tentando fugir, mas já tenho um dossiê pronto comprovando que aquele frango pertence a Jorge Amado. Quem o pegar vai ter que se ver comigo.

FEMINISTAS: Para  humilhar a franga, num gesto exibicionista, tipicamente machista, tentando,  além disso, convencê-la de que, enquanto franga, jamais terá habilidade suficiente para cruzar a estrada.

FUNCIONÁRIO PÚBLICO: Não sei, porque o  chefe não tá aqui agora, mas o senhor preenche estes cinco formulários, paga  a taxa no Banco do Brasil e daqui a dois meses passa aqui pra pegar a resposta.

NIETZSCHE: Ele deseja superar a sua condição de frango para tornar-se um superfrango.

CHE GUEVARA: Hay que cruzar la carretera, pero sin jamás perder la ternura...

BLAISE PASCAL: Quem sabe? O coração do frango tem razões que a própria razão desconhece.

SÓCRATES:  Tudo que sei é que nada sei.

PARMENIDES: O frango não atravessou a estrada porque não podia mover-se. O movimento não existe.

GILBERTO  GIL: Essa coisa do frango que atravessa algo nos remete à questão do almoço dominical que mainha preparava na minha infância. Tem algo a ver com a  baianidade da menina malemolente atrás do frango. Por outro lado essa coisa  da estrada é de uma anterioridade que se firmou numa canção que fiz com o  Caetano, na casa de Pepeu, lá no Pelô...

CAETANO VELOSO: O frango é amaro, é lindo, uma coisa assim amara. Ele atravessou, atravessa e  atravessará a estrada porque Narciso, filho de Canô, quisera comê-lo, ...ou  não!

DORIVAL CAYMMI: Eu acho (pausa)... - Amália, vai lá ver pra onde vai esse frango pra mim, minha filha, que o moço aqui tá querendo saber.

JÔ SOARES: Sem querer te interromper e já te interrompendo, você  não acha um frango ao molho pardo uma delícia que engorda?

ZIRALDO:  Era um frango maluquinho e feliz. Por isso ele vivia atravessando as estradas de sua pequena cidade no interior de Minas.

LULA: O frango estava fugindo  porque o governo deixa o povo passar fome. O que o companheiro frango fez foi  exercer o direito que todo cidadão tem de ir atrás da comida!

JOÃO  GILBERTO: Ah, insensatez...

SURFISTA: O bicho atravessou, cara. Bicho  manêro, aí. Demaaaaais... Só...

MACONHEIRO: Foi uma  viagem...

DERCY GONGALVES: Quer saber o que eu acho deste frango?  !@#$%¨&*...

Beijo mais longo do mundo


Saiu anteontem no G1 a seguinte notícia:

"Mais de dez casais tentam a partir deste domingo (13) quebrar o recorde para o beijo mais longo do mundo. A tentativa está sendo realizada em Pattaya, na Tailândia. O evento foi organizado para celebrar o Dia dos Namorados, que no país é comemorado em 14 de fevereiro."

O objetivo principal dessa grande besteira competição, é bater o record de tempo e entrar para o Guinness Book. Mas parece que não é só isso.
Você percebeu algo "diferente" nesta foto?...


No comments
...

Grávida dá a luz na calçada do hospital




"Uma mulher, grávida de 9 meses, teve o bebê no meio da rua, em frente ao Hospital Miguel Couto, na Gávea, na Zona Sul do Rio, na manhã desta terça-feira (15). Segundo testemunhas, ela desceu do ônibus já em trabalho de parto e a criança nasceu na calçada, com ela ainda em pé."


Segundo o relato da testemunha, a criança nasceu tão rápido, que nem deu tempo de segurá-la, a qual ainda chegou a bater com a cabeça na calçada. Graças a Deus o menino nada sofreu.

Mas acho que esse aí vai curtir uns esportes radicais, tipo skate, surf, rapel, voo livre, bungee jump...

O vídeo é impressionante, do momento exatamente após o menino saltar nascer. Veja:





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...